Agentes penitenciários paralisam atividades na 5ª

Imagem: Sindspen

Imagem: Sindspen
Imagem: Sindspen

Como forma de protestar contra o não cumprimento pelo governo, do que foi acordado anteriormente, os três mil agentes penitenciários de Mato Grosso farão uma paralisação de atividades por 24 horas, com indicativo de greve, na quinta-feira (18).
De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen-MT), João Batista, deveria ter sido agendado concurso público para a categoria, em dezembro do ano passado, mas isso não aconteceu. O governo jogou para julho deste ano, mas também não cumpriu. Além disso, a compra dos coletes balísticos, também prometida não foi feita, nem a publicação da lei que autoriza o pagamento da jornada extraordinária de trabalho. Reivindicamos ainda a mudança no critério de progressão de carreira, instituindo-a para nível superior, que hoje, vale para nível médio”, enfatizou.
A categoria fará uma assembléia geral, em setembro, que poderá decidir pela deflagração de greve.
O Sindspen está tentando marcar uma audiência, para esta semana, com o secretário Estadual de Gestão, Júlio Modesto, para se tentar chegar a um denominador comum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.