Câmara aprova a criação da Universidade Federal de Rondonópolis

UFCer foi criada por Dilma Roussef

UFCer foi criada por Dilma Roussef
UFCer foi criada por Dilma Roussef, em maio

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou ontem, o projeto de lei que cria a Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), por desmembramento da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O projeto segue para a Comissão de Finanças e Tributação, antes de ser votado no plenário da Câmara.
O senador Wellington Fagundes (PR), que acompanha o processo de criação da unidade de Ensino Superior, afirmou já ter previsão, na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017, de concurso público para contratação de docentes para a nova instituição de ensino.
Se aprovado no plenário da Câmara, o projeto segue para o Senado Federal para aprovação e execução, definitivos.
Criação
Denominada de “Universidade do Cerrado” (UFCer), a unidade foi criada por ato da presidente destituída Dilma Roussef ainda em maio deste ano, juntamente com mais quatro novas universidades federais, sendo as demais no Piauí, duas em Goiás e uma em Tocantins, dentro do projeto da administração de Dilma,  de democratizar o acesso à universidade pública.
A nova universidade será desmembrada da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e coroa de êxito os objetivos de docentes e discentes da unidade de Ensino Superior e de vários segmentos rondonopolitanos, que se uniram para o desmembramento e criação da nova universidade.
Infraestrutura
Criado em 1976, o Campus da UFMT de Rondonópolis, que se transformará em Universidade Federal do Cerrado, conta com seis blocos de salas de aula, quarenta laboratórios, o prédio da biblioteca, o anfiteatro com acomodação para 250 pessoas; o prédio do Núcleo de Estudos e Atividades da Terceira Idade (NEATI), o prédio do laboratório de Climatologia, o Centro Meteorológico e construções menores, que abrigam a Prefeitura do Campus, almoxarifado e centros acadêmicos.
Cursos e docentes
O centro conta ainda com 22 cursos de graduação para atender Rondonópolis e região: Pedagogia, História, Matemática, Geografia, Ciências Biológicas, Letras (com Habilitação em Português e em Inglês), Administração, Ciências Contábeis, Economia,Biblioteconomia, Licenciatura em Informática, Zootecnia, Psicologia, Enfermagem, Medicina, Engenharia Mecânica, Engenharia Agrícola e Ambiental, Sistemas de Informação e Administração (modalidade EAD). Além disso, há três cursos de mestrado e um de doutorado e duas residências multiprofissionais em Saúde (Saúde da Família e Saúde do Adulto/Idoso). Ao todo, o campus conta com 300 professores e atende mais de 5 mil alunos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.