Câncer vence Antônio Carlos

Antônio-Carlos-Rocha-Filho-580x322
Antonio Carlos deixa lacuna na imprensa

A imprensa rondonopolitana e mato-grossense, amanheceram de luto.
Depois de ter conseguido vencer um câncer de estômago e um de pâncreas, descobertos em 2013 – que exigiram tratamento quimioterápico contínuo, em Barretos (SP) – faleceu nesta madrugada, em Rondonópolis, o gerente geral da Rádio Clube AM, radialista Antônio Carlos de Souza Rocha Filho (62 anos), carinhosamente apelidado de Tonico Maravilha, vitimado por um câncer de fígado.
Natural da cidade paranaense de Maringá, Antônio Carlos ingressou no quadro de locutores da Rádio Clube, em 1982, sucedendo anos depois até ontem, na gerência geral da emissora, aos radialistas Clovis Roberto Balsalobre de Queiroz (também já falecido) e Saul Feliz.
Antônio Carlos, com a saída de Clovis Roberto da emissora, passou a comandar o programa carro-chefe “Rondonópolis Verdade”, que informava aos rondonopolitanos sobre variados assuntos de interesse da coletividade, nas manhãs de segunda a sexta-feira. Também era destaque na locução esportiva, tendo narrado grande número de jogos dos times profissionais locais.

Antônio Carlos também era advogado, tendo militado na área jurídica por muitos anos,  inclusive, quando estava em tratamento, além de ter sido secretário de Imprensa da Prefeitura de Rondonópolis e da Câmara Municipal, bem como assessor jurídico do Poder Legislativo rondonopolitano.

O velório será numa das capelas do Cemitério Municipal da Vila Aurora, a partir das 11 horas, e o sepultamento, no mesmo local, amanhã às 10 horas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.