Convenções homologam candidatos  

Eleições municipaisDepois de uma semana de “corre-atrás” e “vo num vo”, ontem, finalmente foi dado a conhecer ao eleitorado rondonopolitano os nomes dos candidatos a vereador e, principalmente, definidos os nome a Prefeito e vice, que irão concorrer nas eleições municipais deste ano.
Bem, quase.

Vice de Zé Carlos
SDFalta ainda acertar pequenos detalhes entre o Solidariedade (SD) de José Carlos Junqueira de Araújo, o Zé do Pátio, e o PTB do professor Ubaldo Tolentino Barros, para que o vice na chapa do deputado estadual seja confirmado.
E as conversações, quase certas, apontam para o nome do empresário e cartorário Helio Cavalcante Garcia, o Helinho do Cartório, que tem o nome cogitado para sair de vice de Zé do Pátio.
Acerto “gorou”
Desde o início do mês, o presidente do PSD a nível estadual, o vice-governador Carlos Fávaro, já tinha acertado fechar a dobradinha com Zé Carlos, mas a reunião do PSDB com o PMDB na tarde de ontem, mudou o rumo das coisas.

Vuco-vuco
PPSQuanto ao vice de Percival Santos Muniz (PPS), depois de quase cinco horas de senta e levanta, que atrasou as convenções dos partidos envolvidos, foi confirmado o nome do vereador e médico Manoel da Silva Neto (PMDB), o Dr. Manoel.

Imposição acabou com os planos

PSDBEm reunião anterior com o atual vice-prefeito e também candidato a Prefeito Rogério Salles (PSDB), o PMDB teve rechaçada a possibilidade de compor dobradinha com o tucano, por imposição do deputado federal Adilton Sachetti (PSB), que não aceitou se coligar com o partido do deputado federal Carlos Bezerra.
Rogério e o vereador Rodrigo Lugli (PSDB) aceitavam as condições do PMDB, e também o deputado estadual e 1º secretário da Assembleia Legislativa, Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho – que garantia a retirada do nome de seu partido a vice de Rogério, para o PMDB compor e indicar.
Mas não teve conversa: Adilton bateu pé e não aceitou a coligação com o partido de Bezerra.
Diante da irredutibilidade de Sachetti, o PSDB fechou questão com o PSD e aceitou Marildes do Rêgo, como candidata a vice na chapa de Rogério Salles.
Registro
Os nomes dos pré- candidatos proporcionais e majoritários, bem como seus respectivos vices, confirmados ontem nas convenções partidárias, deverão ainda ser registrados junto ao TRE e ao TSE, até o dia 15 deste mês.
E é aí que a “porca torce o rabo”, pois muitas candidaturas poderão vir a ser impugnadas, por diversos motivos contrários à legislação eleitoral.

Imagens: Redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.