Cunha pretende delatar “laranja de Renan”

Os "bons tempos" ficaram para trás (Foto: Internet)

Os "bons tempos" ficaram para trás (Foto: Internet)
Os “bons tempos” ficaram para trás
(Foto: Internet)

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, que se encontra preso em uma cela da Polícia Federal (PF) em Curitiba (PR), pretende apontar o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) como “laranja de Renan”, em uma cada vez mais provável delação premiada. Cunha sabia bem por onde Gomes andava.
Ontem, Gomes e Renan Calheiros foram denunciados ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela Procuradoria-Geral da República (PGR), por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Segundo as investigações, Gomes pediu propina à Serveng Civilsan para que ela fosse contratada pela Petrobras. Ainda de acordo com os investigadores, Gomes também pediu dinheiro em nome do presidente do Senado, Renan Calheiros.
Com Revista Época

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.