Mata Grande: agente é demitido por facilitação

(Foto:Internet)

(Foto:Internet)
(Foto:Internet)

Devido a ter facilitado a entrada de entorpecentes e chips de telefone celular na Penitenciária Regional Major Eldo Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis, um agente penitenciário foi demitido, esta semana, por ato assinado pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Márcio Dorileo, e pelo Controlador-Geral do Estado, Ciro Rodolfo.
Segundo o texto da demissão, o agente – cujo nome consta da publicação no Diário Oficial do Estado (DOE)- , cometeu os atos infracionais em 2014 em troca de dinheiro, sendo preso depois da sindicância instaurada pelo Ministério Público Estadual (MPE), que constatou os delitos.
O agente prisional demitido, de acordo com o MPE, infringiu o Estatuto do Servidor Público nos artigos 143 (exercer com zelo e dedicação as atribuições do cargo; ser leal às instituições a que servir; observar as normas legais e regulamentares), 144 (revelação de segredo apropriado em razão do cargo) e 159 (incontinência pública e conduta escandalosa).

2 thoughts on “Mata Grande: agente é demitido por facilitação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.