Novo golpe no WhatsApp promete mostrar quem viu sua foto

Mensagem dos golpes (Imagem: Divulgação/PSafe)

Mensagem dos golpes
(Imagem: Divulgação/PSafe)

Um novo golpe do WhatsApp promete mostrar quem visualizou suas fotos e status. Em duas semanas, mais de 60 mil dispositivos foram infectados. As informações são do Olhar Digital.
De acordo com o presidente da ESET Brasil, Camillo Di Jorge, o modo de atuação do golpe não é novo. “Os cibercriminosos tentam enganar os usuários do WhatsApp, para que eles se inscrevam em serviços de SMS premium”, explica.
Os criminosos prometem ativar o novo recurso quando o usuário compartilhar o link com dez amigos ou cinco grupos. Depois disso, é preciso inserir dados de contato, que resulta na inclusão da linha em um serviço pago.
Uma das novidades em relação a outros golpes é a modificação do código-fonte da página, que dificulta a análise.
A recomendação é para que os usuários fiquem atentos às mensagens do WhatsApp e não cliquem em links que contenham informações suspeitas, independentemente de quem as tenha enviado.
Outro golpe
Ouro golpe que circulou nos primeiros dias do ano na web, visando prejudicar os usuários quem têm celular com Android, promete mostrar quem adicionou seu número no app e, com isso, incentivam os internautas a baixar aplicativos e compartilhar a “novidade” com amigos. Desse jeito, os criminosos ganham dinheiro. De acordo com a PSafe, mais de 260 mil pessoas já foram afetadas apenas nos primeiros quatro dias do ano.
O golpe indica a possibilidade de ativar uma nova função do aplicativo para visualizar as pessoas que o adicionaram. Antes de ter acesso à função, porém, o usuário tem que compartilhar o link com a fraude com dez amigos e cinco grupos diferentes.
A partir disso, o usuário é direcionado a uma página que induz a instalação de outros aplicativos, que não necessariamente contêm vírus. A cada novo aplicativo baixado pelo usuário, o hacker ganha dinheiro, diz a empresa de segurança.
Para não se tornar uma vítima de ciber-ataques, especialistas em Segurança da PSafe dão dicas para manter seu celular protegido:
Instale e mantenha atualizado um anti-vírus – Ter um anti-vírus instalado no celular, é fundamental para se prevenir das ameaças existentes no mundo virtual. O usuário deve sempre seguir as instruções básicas para proteção dos dados, mas o anti-vírus instalado no celular irá funcionar como uma barreira de segurança para garantir a privacidade dos seus arquivos.
Evite clicar em links vindos por mensagens – Nos últimos meses, muitas tentativas de infecção ocorreram via links maliciosos enviados por amigos no WhatsApp. Portanto, evite clicar em links recebidos por serviços de mensagem ou e-mails, sem se certificar da veracidade antes.
Utilize apenas redes protegidas com senha – Redes que não solicitam senhas são mais arriscadas – pois permitem acesso mais fácil aos hackers – e, por isso, é aconselhável utilizar apenas redes com senhas, que ofereçam algum tipo de criptografia.
Com Catraca Livre/UOL Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.