Percival se despede do cargo

Diz que vai se aposentar (Foto: GazetaMT)

Diz que vai se aposentar
(Foto: GazetaMT)

Na manhã de hoje, Percival Santos Muniz (PPS) – ainda prefeito de Rondonópolis até as 23h59min de amanhã (31) – passou por setores e departamentos da Prefeitura, se despedindo do funcionalismo, após quatro de mandato de uma administração que deixou muito a desejar.
Apesar de ter dito na inauguração da ponte Aroldo Marmo de Souza, no dia 23, que deixaria a política para cuidar da vida particular e de sua saúde, haveria a pretensão camuflada de sair candidato a deputado federal, no ano que vem.
Além do desgaste que enfrenta nos meios políticos mato-grossenses, Percival terá a pesar contra si – caso saia, realmente, candidato à Câmara Federal – o histórico negativo da primeira vez em que foi deputado federal, quando das 70 sessões da histórica Assembleia Nacional Constituinte (1988) faltou a 66 delas, conforme matéria sobre os gazeteiros da Constituinte, de autoria do jornalista Lucio Vaz e veiculada pelo jornal Folha de São Paulo no dia 16 de julho de 1990 e que foi assunto do Blog Estela Boranga comenta, na edição de 30 de maio de 2015 (leia aqui).
Percival assumiu prometendo ser elaborador e executor de um grande projeto social transformador, mas sai do cargo deixando várias obras paralisadas na área da Saúde, respondendo na Justiça a várias ações por improbidade administrativa ainda de seu primeiro mandato e outras que devem surgir, em relação ao mandato que encerrará amanhã, contabilizando somente como auge de sua administração, a construção da ponte recem inaugurada.
Há os que acreditam que ele irá “aposentar as chuteiras”.
O blog, quem nem São Tomé, só acredita, vendo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.