Servidores dos Correios deflagram greve

Foto: Ilustrativa/Internet

Foto: Ilustrativa/Internet
Foto: Ilustrativa/Internet

Desde a manhã de hoje, 70% dos servidores dos Correios em Mato Grosso estão com as atividades paralisadas  por tempo indeterminado, no sentido de reivindicar maior segurança nas agências, mudança no horário de entrega de cartas para o período matutino e melhoria no atendimento médico do plano de saúde.
Neste ano, segundo o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Mato Grosso (Sintect-MT), 54 agências foram assaltadas em Cuiabá e no interior.
Assaltos
No dia 11, dois criminosos assaltaram uma unidade dos Correios no bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá, quando fizeram uma funcionária e o segurança de reféns. Na manhã de hoje, também ocorreu um assalto na agência dos Correios em Primavera do Leste.
O Sintect exige que sejam instaladas portas giratórias em todas as unidades, além da contratação de vigilantes armados, para garantir a segurança dos funcionários.
Apesar da paralisação, 30% dos funcionários vai continuar trabalhando durante a greve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.