Sinop sai na frente e viabiliza implantação de restaurante popular no interior

(Ademir Junior)

(Ademir Junior)

Mais uma vez, Rondonópolis – apesar de insistirmos, seguidamente, no assunto – perde a oportunidade de se destacar ainda mais como polo de desenvolvimento e cidadania, ao protelar a implantação de um restaurante popular.
Com expressivo número de propriedades voltadas para a agricultura familiar e forte produção agropecuária, o município poderia viabilizar esse benefício ao grande número de trabalhadores, que destinam parte de seus suados salários para pagamento de transporte coletivo, para almoçarem em suas casas e retornarem aos locais de trabalho, diariamente.
Isso, sem contar com pessoas que vão ao Centro da cidade para resolverem assuntos diversos, bem como moradores de outras cidades que vêm a Rondonópolis, para efetuarem compras no comércio local.
O município poderia seguir o exemplo de Sinop, onde já está em curso a abertura de pregão eletrônico para contratar empresa que irá gerir o restaurante popular Dulce Ana Garcia, com serviço de preparo e distribuição de até mil refeições por dia (almoço), a preços populares, que ainda será responsável, pelo fornecimento de todos os gêneros alimentícios e demais insumos, manutenção preventiva e corretiva das instalações, equipamentos e utensílios utilizados.
As refeições serão servidas de segunda a sexta-feira, entre 10h30 e 14h, no valor unitário de R$ 12 (conforme consta do edital), cabendo à Prefeitura pagar até R$ 6 e aos usuários, os outros R$ 6.
Fica mais esta dica nossa aos políticos locais, como foi a da (tardia) implantação do Ganha Tempo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.