Sispmur: duas chapas vão disputar a eleição no dia 30

Sispmur quer informações sobre o Impro (A Tribuna MT)

(Foto: A Tribuna MT)
(Foto: A Tribuna MT)

Duas chapas foram registradas no último dia 10, para concorrerem à eleição do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur) no dia 30 deste mês, que elegerá a nova diretoria da entidade, para um mandato de três anos.
Chapas

Chapa 1
Chapa 1

Umas das concorrentes é a “A Chapa dos Servidores” – encabeçada pela professora Geane Lina Teles, que é formada em Biologia e Química pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), pós- graduada em Biologia, possui curso em Gestão de Pessoas e é autora do projeto “Aprendizagem através de Mapas Conceituais”.
Sua principal bandeira é a educação de Jovens e Adultos (EJA). Sempre lecionou para alunos do ensino fundamental .Ela defende a bandeira da união, ingressou no serviço público trabalhando nas bases do judiciário. Hoje ela traz a experiência de gestão em pessoas, como trabalhar em grupo, respeitando as diversidades e as opiniões. Do judiciário Geane traz as formulas do bom censo, justiça, dedicação, zelo, bons costumes adjetivos que hoje somam junto aos servidores.
Propostas
Dentre suas propostas, está a revisão dos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCVs); trabalhar para garantir os direitos subjugados pela atual administração; formação sindical, para dirigentes e servidores em geral;cCapacitação para os diretores, em áreas do direito administrativo e trabalhista; conclusão das negociações pendentes na Justiça, para resgatar o clube social dos servidores, que está em execução por irresponsabilidades de gestões anteriores; e, construir a nova sede do Sispmur – que a cujo encaminhamento já foi iniciado pela atual gestão.
Nomes
A chapa tem 40 nomes, entre eles o do professor Reuber Teles de Medeiros – como vice-presidente – e o do atual presidente, Rubens Paulo, como secretário- geral.

Chapa 2
Chapa 2

A outra chapa, “Para Lutar e Avançar, Vamos Renovar”, tem como candidato a presidente o vigilante Juvenal Paiva da Silva – formado em História, também pela UFMT e possui curso de Gestão Escolar pela IVE-PROFEREEDUC.
Nomes e propostas
A chapa de Juvenal tem 26 nomes e dentre eles está o do servidor Vilmondes Aprígio da Silva Luz, que já foi diretor do Serv Saúde, na gestão anterior.
Juvenal destaca como principal bandeira de sua chapa, a reformulação do Estatuto do Sindicato, que segundo ele se fazem necessárias algumas adequações, como destacar no novo texto do Estatuto, que o presidente da entidade só poderá disputar uma reeleição, e que ainda caso o presidente da entidade deseje disputar um cargo político, este deverá renunciar a presidência, e não somente o afastamento com está previsto no atual Estatuto. Outro projeto de Juvenal é a criação de uma comissão do Conselho Permanente, para cada segmento.
Registro
O registro das chapas foi confirmado pela comissão – que é presidida pela servidora Olívia Muniz -, a qual tem um prazo de 72 horas para homologar as candidaturas e posterior publicar as mesmas. Após esse trâmite os envolvidos no processo terão cinco (5) dias úteis, para entrarem com pedido de impugnação.
“Acreditamos que nenhuma das chapas deva ser impugnada, em razão de que a documentação, entregue por ambas, estava correta”, resumiu Olívia Muniz.
Com assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.