Tumulto e vaias marcaram eleição da nova Mesa da Câmara Municipal

Tumulto envolveu vereadores e público presente (Foto: Blog Estela Boranga comenta)

Tumulto envolveu vereadores e público presente
(Foto: Blog Estela Boranga comenta)

A  eleição dos componentes da Mesa Diretora da Câmara de Rondonópolis, ocorrida na manhã de hoje no Caiçara Tênis Clube, foi marcada por vaias, empurrões e ânimos acirrados, inclusive com algumas ameaças, gerando um tumulto entre vereadores e parte do público presente à solenidade.
Vaias
Ao declararem seu voto para Rodrigo Lugli  – Rodrigo da Zaeli (PSDB)-, os vereadores Beto do Amendoim e João Moto-Taxi (PSL), receberam um coro de vaias, repetido depois durante todo o discurso dos dois parlamentares na primeira sessão da nova Legislatura, com alguns presentes mostrando cédulas de dinheiro em alusão de que seus votos teriam sido comprados, para que votassem em Lugli e não em Helio Pichioni (PSD), como havia sido acertado em reunião esta semana e registrado em ata provisória, conforme matéria do dia 25 de dezembro do Blog Estela Boranga comenta (leia aqui).
Para não receberem vaias também, os vereadores Roni Magnani (PP) e Sidnei Fernandes (PDT), não discursaram e se retiraram, apressadamente, da sessão.
O blog, em matéria exclusiva veiculada ontem (leia aqui), revelou que articulações de última hora haviam mudado o voto dos dois vereadores do PSL, além de Jailton do Pesque e Pague e do próprio Rodrigo Lugli, do PSDB.
Com essa “mudança de barco” repentina dos dois vereadores do PSL, Lugli foi eleito com 11 dos 21 votos, para presidir a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rondonópolis, para o biênio 2017/2018.
Mesa Diretora
A composição da Mesa Diretora, para os dois primeiros anos da nova Legislatura, ficou assim definida:
Presidente: Rodrigo Lugli (PSDB); 1º vice-presidente: Beto do Amendoim (PSL); 2º vice-presidente: Elton Mazette (PSC); 1º secretário: Fábio Cardozo (PPS) e; 2º secretário: Claudio da Farmácia (PMDB).

1 thought on “Tumulto e vaias marcaram eleição da nova Mesa da Câmara Municipal

  1. O Beto não apoiou o Zé do Patio para Prefeito, mas sim o Percival, é natural que ele escolha continuar como adversários e oposição.
    Agora o fato dele manter sua posição política não é motivos para comentários irracionais, pois a racionalidade é única:
    Quem estava assediando e ou tinham interesse em seu voto para a mesa de vereador foi o Grupo do Zé, que em inúmeras vezes faziam investidas de convencimento para Beto do Amendoim polar/virar de lado, o que não o fez , e só. Esta racionalidade se chama lógica, a qual todo COMUNISTAS gostam de invertê-la… Viva Chavez e Fidel ….. aafff…

    Lendo a matéria, usando a lógica, como o GRUPO DO ZÉ DO PÁTIO já tinham os panfletos prontos sabendo quem não iriam votar????
    E outra, todos são da oposição como já dito acima, nem apoiaram o Zé para Prefeito, e ai vem o povo da Zé MENTIRA e tenta inverter a lógica Democrática e de Grupos Políticos que não comungam com seus ideais, Como se Zé fosse DEUS, quem não o Acompanha é Ladrão, corrupto, etc… Só Lembrando O Zé do Pátio é Amigo Intimo e Fiel do ex Deputado José Geraldo RIVA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.