Mulheres nos legislativos: Comissão vota parecer sobre reserva de vagas

(Imagem: Internet)

(Imagem: Internet)
(Imagem: Internet)

A Comissão Especial sobre a Participação Feminina no Legislativo (PEC 134/15) da Câmara dos Deputados, reúne-se hoje para apresentação, discussão e votação do parecer da relatora, deputada Soraya Santos (PMDB-RJ), à matéria.
“O Brasil atualmente se encontra em 117° lugar no ranking da ONU que elenca os países de acordo com a participação feminina no Parlamento”, destaca a relatora.
Percentual mínimo
A proposta reserva percentual mínimo de representação para cada gênero – homens ou mulheres – no Poder Legislativo, que será acrescentada ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias e garantirá vagas na Câmara dos Deputados, nas assembleias legislativas, na Câmara Legislativa do Distrito Federal e nas câmaras municipais, nas três legislaturas subsequentes à promulgação da emenda.
Apresentada pela Comissão da Reforma Política do Senado, a PEC estabelece que a cota mínima aumentará de forma gradativa. O percentual será de 10% das cadeiras na primeira legislatura, 12% na segunda e 16% na terceira legislatura.
Tramitação
Se aprovada na comissão especial, a PEC segue para o Plenário da Câmara, onde precisa ser votada em dois turnos.
Rondonópolis
Nas eleições deste ano, em Rondonópolis, a exemplo da anterior, nenhuma mulher obteve vaga das 21 existentes, para a Câmara Municipal.
Tem-se a impressão de que os partidos registram as candidaturas femininas, somente com o intuito de “maquiar” a exigência da legislação eleitoral e granjear mais votos, que acabam somando para as candidaturas masculinas.
Continua o “Clube do Bolinha”, infelizmente.
Com Agência Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.