PRF aposentado comercializava armas pelo WhatsApp

(Reprodução/Derf)

(Reprodução/Derf)
(Reprodução/Derf)

Na tarde de ontem, policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Primavera do Leste (MT), efetuaram a prisão de um policial rodoviário federal (PRF) aposentado, por posse ilegal de três armas de fogo, dinheiro, e aproximadamente 2,5 mil munições de diversos calibres.
O detido A.J.D.S. (56 anos), que reside em Gaúcha do Norte (MT), foi preso após a Polícia Judiciária Civil (PJC) ter recebido uma denúncia anônima, de que armas de fogo de diversos calibre e também munições trazidas do Paraguai, estariam sendo comercializadas na região de Primavera do Leste.
Pelo WhatsApp
As investigações apontaram que A.J.D.S. negociava o armamento em Gaúcha do Norte e Paranatinga (MT), usando o aplicativo WhatsApp. O suspeito se deslocava, após os pedidos feitos pelos clientes, até a cidade de Ponta Porã (MS), para buscar as “encomendas”.
Diante dos indícios de crime, policiais civis da DERF realizam monitoramento do investigado e conseguiram surpreendê-lo em um veículo na MT – 130, que liga o município de Primavera do Leste a Rondonópolis (MT).
Na abordagem, o suspeito se apresentou como policial militar aposentado, sendo então conduzido à DERF, onde a Polícia Militar efetuou a revista no detido e no veículo, em cujo interior foram apreendidas as três armas de fogo (uma espingarda semiautomática, uma carabina calibre 22 semiautomática e uma pistola calibre 380) além de, aproximadamente, 2,5 mil munições de diversos calibres e a quantia de R$ 400,00, em dinheiro.
A mercadoria estava escondida em várias partes do carro como porta mala, dentro de sacolas e até sob o forro do banco do veículo.
A.J.D.S não apresentou a documentação de registro do veículo (um Celta), que também foi apreendido.
Após ter sido interrogado, o acusado foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico internacional de armas de fogo e munições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.